Tuesday, February 13, 2007

Marketing do bom!

Confesso que não sou grande adepto dos desportos motorizados, mas um amigo meu é e outro dia chamou-me à atenção para um dado curioso. Um jornal do ramo, o "Autosport", apresentava na sua capa uma chamada de atenção para a campanha promocional vigente. Ora, essa campanha consistia no seguinte: na compra de um jornal "Autosport", o leitor receberia absolutamente grátis OUTRO jornal "Autosport" igual. Não havia qualquer dúvida, tratava-se mesmo do clássico "pague 1 leve 2". Bom, eu passei por uma série de emoções diferentes ao constatar este facto. De início, deu-me para rir fartas e ruidosas gargalhadas enquanto apontava com o dedo indicador para a publicação. Depois fiquei pensativo... numa viagem interior para tentar entender, no meu mais íntimo, se aquilo realmente era um pouco ridículo. Por fim, voltei novamente a rir histericamente quando cheguei à conclusão de que a minha emoção primária estava correcta. Porque isto, das duas uma, ou é ridículo ou é marketing do bom. A minha questão é muito simples: um indivíduo compra um jornal; chega a casa, senta-se no sofá e lê-o de ponta a ponta; para que é que ele quer outro jornal igual àquele que acabou de ler?? Quanto a mim não faz sentido...
A menos que o leitor tenha Alzheimer, aí realmente a história é diferente: o indivíduo adquire o "Autosport" com a devida promoção; chega a casa, senta-se no sofá e lê-o de ponta a ponta; no final olha para o outro jornal igual e exclama "-Olha o último "Autosport"... ainda não o li.", lê-o de ponta a ponta; no final olha para o outro jornal igual e exclama "-Olha o último "Autosport"... ainda não o li."; e por aí adiante... esta situação poderia prolongar-se para sempre. Mas, partindo do princípio que o target deste jornal não é o de indivíduos com insuficiências mentais, continuo sem entender qual a grande vantagem desta promoção.
Quase que consigo imaginar a reunião de criativos do “Autosport” onde a ideia surgiu… vamos chamar-lhes, sei lá, Auto e Sport por exemplo...

(Auto)- Pois, porque se um gajo não protege as virilhas no Verão, com o suor, aquilo fica tudo verme...
(Sport)- ESPERA!! ESPERA!! IDEIA GENIAL A SURGIR!! EU SINTO-A!! É MESMO GENIAL!!
(Auto)- Epá! Conta conta!
(Sport)- Varreu-se-me... tinha-a na ponta da língua. Deixa lá... vamos prosseguir com a reunião.
(Auto)- Ah pois... a campanha... o que é que havemos de fazer para conquistarmos mais leitores e deixarmos de ter em stock estes milhares de jornais que não foram vendidos...?
(Sport)- Ao menos poupamos dinheiro em cadeiras...
(Auto)- Ao menos isso...
(Sport)- É...
(Auto)- ...
(Sport)- ...
(Auto)- ... mas as virilhas no Verão, para mim, são um problema. Comprei uma pomada na farmá...
(Sport)- ESPERA!! ESPERA!! JÁ SEI!! PROMOÇÃO GENIAL!! PAGUE UM, LEVE DOIS!! É ISSO!!
(Auto)- GRANDE IDEIA!! COMO É QUE EU NÃO ME LEMBREI DISSO ANTES!! VAMOS OBRIGAR OS LEITORES A FICAR COM TODA ESTA LIXARADA EXTRA!!
(Sport)- MUAHAHAHAH!! CONTINUAREMOS A DERRUBAR O DOBRO DAS ÁRVORES SEM NECESSIDADE NENHUMA!! SOMOS GRANDES!! PRIMEIRO OS LEITORES DO "AUTOSPORT", DEPOIS O MUNDO!!

Penso que terá sido mais ou menos assim...
De qualquer forma, e porque este blogue também presta algum serviço público, aqui vai uma singela lista de dez sugestões para que os leitores do "Autosport" saibam o que podem fazer com o outro jornal grátis:

1. Enrolá-lo num canudo e vergastar um cão ou um gato.
2. Acender a lareira agora que está frio.
3. Construir um chapéu bicudo e usá-lo no Carnaval.
4. Recortar pedaços de palavras e letras e enviar uma carta anónima a alguém. Uma ameaça de morte ou assim.
5. Fazer-lhe um buraco e ir para um jardim público. As pessoas vão pensar que está a lê-lo, mas na realidade está a topar as gajas.
6. Com recortes e colagens, fazer um vestido de Sevilhanas e ensaiar um número de travestismo. Diz que dá dinheiro...
7. Enrolá-lo num canudo e vergastar uma criança pequena ou uma velha.
8. Fazer vários barquinhos e organizar uma corrida entre eles na banheira.
9. Amarfalhá-lo numa grande bola e atirá-lo à cabeça de algum ministro.
10. Lê-lo outra vez... no caso de padecer de Alzheimer.

1 comment:

Ricardo said...

hehe muito bom. boas sugestões. lol